sexta-feira, 24 de abril de 2015

15 coisas para fazer antes que os filhos cresçam


Segurá-lo por uma hora inteira, enquanto ele descansa em seus braços (lembre-se de que em pouco tempo seu corpo não caberá mais nesse mesmo espaço).

Sentir sua mão que a agarra com força, apesar de ter o tamanho do dedo mindinho.

Cheirar seu cabelo, na tentativa de guardar para sempre na memória aquele aroma de bebê.

Fazer caretas e vê-lo gargalhar. E perceber que a alegria não depende de mais nada.

Deixá-lo dormir em sua cama naquela noite terrivelmente fria de inverno.

Levá-lo à praia e passar uma tarde inteira pegando conchinhas.

Marcar sua altura na mesma parede, a cada ano que passa.

Comer chocolate escondido e vê-lo se perguntar de onde vem aquele cheirinho gostoso (que dó!).

Inventar a história mais sem pé nem cabeça que lhe passar pela cabeça. Ele não discutirá o porquê "da girafa ter entrado no disco voador para ir à festa que a vovó está fazendo no quintal de casa".

Aproveitar o título de mãe (ou pai) mais sabido do universo.

Brincar de esconde-esconde e vê-lo com metade do corpo para fora do esconderijo, certo de que está muito bem escondido.

Tomar chá imaginário, comer a comida do restaurante que ele acabou de abrir ou brincar de super-herói (com direito a correr com capa pela casa).

Fazer com as próprias mãos seu bolo de aniversário (aproveite que nessa fase ele sempre dirá que ficou lindo, independente de seu grau de inabilidade para a tarefa).

Abraçá-lo com todas as suas forças na saída da escola. Em alguns anos, isso será considerado "pagar o maior mico com a galera".

Dizer "eu te amo" todos os dias! Para que nunca, sequer por um segundo, ele deixe de acreditar você estará lá sempre que ele precisar.

 
 
 

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...