quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Tatoo nova! Yin Yang

Yin Yang

Yin é o feminino, a terra, o escuro, a noite, o frio, a lua, o princípio passivo, a absorção; e Yang é o masculino, o céu, a luz, o dia, o quente, o sol, o princípio ativo, a penetração. Dessa forma, juntos eles compõe a totalidade equilibrada do mundo manifestado em duas polaridades. Na filosofia chinesa do Tao, as sete leis que compõem os princípios do Yin e do Yang são:
  1. Todas as coisas são diferentes manifestações da unidade infinita
  2. Nada é estático: tudo se transforma
  3. Todos os antagonismos são complementares
  4. Não existem duas coisas absolutamente iguais
  5. Tudo possui frente e verso
  6. Quanto maior a frente maior o verso
  7. Tudo que tem início tem fim
Além disso, há doze teoremas que englobam o conceito do Yin e do Yang, a saber:
  1. Yin e Yang são os dois polos da pura expansão infinita: elas se apresentam quando a pura expansão atinge o ponto geométrico da bifurcação
  2. Yin e Yang surgem continuamente da pura expansão infinita
  3. Yang é centrífugo; Yin é centrípeto; Yin e Yang produzem energia
  4. Yang atrai Yin e Yin atrai Yang; Yang repele Yang e Yin repele Yin
  5. Yin gera o Yang quando potencializado e Yang gera Yin quando potencializado
  6. A força de atração ou de repulsão entre as coisas é proporcional à diferença entre os seus componentes Yin e Yang
  7. Todo fenômeno é produzido pela combinação entre Yin e Yang em variadas proporções
  8. Todos os fenômenos são efêmeros devido às constantes alterações das agregações dos componentes Yin e Yang
  9. Nada é exclusivamente Yin e Yang: tudo tem polaridade
  10. Não existe nada neutro; Yin ou Yang estão em evidência em qualquer situação
  11. Grande Yin atrai o pequeno Yin; o grande Yang atrai o pequeno Yang
  12. Todas as concreções (solidificações) físicas são Yin no centro e Yang na periferia.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...