domingo, 18 de agosto de 2013

Rótulos marcam...

Quando você repreende um aluno, chamando-o de burro, lerdo, porco e outros nomes, você não está fazendo com que ele mude, e sim, rotulando-o e reforçando ainda mais esse comportamento! Atenção educadores: com as palavras e suas atitudes...

"Aprender significa estar com os outros, implica acolhida, implica presença
física e simbólica, implica ser chamado pelo nome, implica sentir-se
parte do grupo, implica processos de colaboração, implica ser olhado.
Aquele que é desprezado pelo olhar da professora também o será, de
alguma forma, pelos colegas. A partir daí produz-se uma intrincada rede
de preconceitos que se dissemina nos conselhos de classe, nas reuniões
de professores, nas conversas do recreio, nos encontros com os pais.
Pouco a pouco, determinados alunos, que são numerosos no conjunto
das escolas, vão ficando de fora, vão sendo rotulados com marcas
invisíveis, vão sendo considerados inaptos, incapazes, inoportunos... Se
usássemos a metáfora de um trem para pensar a escola, esses seriam
aqueles que viajam sentados nos últimos vagões, que, aos poucos, vão
descarrilhando."
Moll - (2004, p.107) - 
 TEXTO REFERÊNCIA PARA O DEBATE NACIONAL da EDUCAÇÃO INTEGRAL



Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...