terça-feira, 20 de setembro de 2011

A CARTA DE UMA CRIANÇA


Pai do Céu, gente grande não vai acreditar. 
O Cat disse que um Anjo me mandou esse cartão:
"Nada pode ser mais triste do que o julgamento e a condenação. 
O que vemos nos outros é o nosso próprio reflexo"
Pai do Céu, o que quer dizer isso? Obrigada.

Carta-Resposta
Pequena criatura, guarde esse cartão e esta carta que lhe mando. 
Mais tarde você a entenderá:
"O humilde não ataca o orgulhoso.
O inteligente não rejeita os que sabem menos.
O sincero não teme a mentira.
O rico de espírito perdoa o ganancioso.
O que ama de fato não condena o desamor.
O leal não carrega suspeitas sobre traição.
O caridoso não vê egoismo no próximo.
O que não condena vícios sabe que julgar e condenar é também um vício.
O que tem moral sabe que é imoral não respeitar que cada um viva como escolheu.
O que tem beleza interior vê a beleza além das aparências.
O compreensivo sabe aceitar a incompreensão.
O que não controla a vida alheia não dá importância aos controladores.
O que tem fé não guerreia por religião por estar ciente de que todas conduzem a Mim.
Saiba que os que assim agem não pretendem ser perfeitos, não julgam nem condenam os menos avisados: só respeitam-se a si próprios para serem respeitados".
Pequena criatura,
cresça por dentro e por fora.
Pai do Céu

(do livro "Sorte é pra quem quer" - Silvia Schmidt)

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...